App Posso Ir indica o estado das filas existentes nos supermercados e outros

Segundo as entidades oficiais devemos manter uma distância social de pelo menos 2 metros. São muitos os relatos de filas para que as pessoas possam comprar bens essenciais, devido às restrições de acesso aos estabelecimentos e por forma a manter o distanciamento social. A app Posso Ir tenta resolver este problema fazendo com que os utilizadores evitem grandes filas e, consequentemente, contribuam para o seu aumento.

Este é mais um projecto da iniciativa tech4covid19, um movimento de mais de 2000 pessoas que luta contra o contágio do vírus Covid19 desenvolvendo ferramentas e serviços para ajudar a população neste período de quarentena.

A ideia é quando o utilizador pretender sair à rua para comprar algum bem essencial que necessite, saber qual o estado da fila do estabelecimento a que pretende ir. Para fornecer esta informação, a aplicação necessita do input dos utilizadores, pois são eles que fornecerão os dados que a app irá processar e divulgar. Desta forma, quando for às compras deverá aceder à app e indicar qual o estado da fila do estabelecimento, existindo três níveis: sem fila, fila média ou fila longa. No entanto, a Lapa, empresa responsável pelo projecto, indicou que contactaram algumas empresas de retalho, como o Lidl, Pingo Doce e Sonae, para que estes possam também inserir os respectivos dados, o que tornará a ferramenta mais abrangente e com maior volume de dados e informação.

Com a aplicação podemos evitar grandes filas e não contribuir para o seu aumento.

Partilhe este artigo:

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis. Facebook | LinkedIn

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

Os comentários, que são moderados antes de serem publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. A Foneplay reserva-se no direito de excluir comentários que achar não serem adequados.