Singapura lança aplicação com objectivo de identificar pessoas possivelmente contagiadas

Todos os países e outras entidades estão a trabalhar em várias vertentes com o objectivo de ajudar e proteger a população da pandemia de Covid-19. A Singapura acaba de lançar uma aplicação para ajudar combater o coronavírus, mais precisamente na identificação de pessoas que possam ter estado em contacto com indivíduos contagiados.

Chama-se TraceTogether, estando disponível para dispositivos Android e iOS, e o objectivo é conseguir identificar com a maior precisão possível o alcance do contágio real que qualquer paciente com Covid-19 poderia ter causado. A aplicação utiliza sinais Bluetooth para determinar se o utilizador esteve perto de outro utilizador do TraceTogether. Caso tenha estado em contacto próximo com um caso de Covid-19, o TraceTogether permite que o Ministério da Saúde de Singapura consiga entrar em contacto com o utilizador mais rapidamente de forma a fornecer orientação e cuidados. Os dados de proximidade Bluetooth são criptografados e armazenados apenas no smartphone do utilizador, com o governo local a solicitar consentimento para fazer o upload desses dados, caso seja necessário para entrar em contacto com outras pessoas possivelmente infectadas.

Alguns países já estão a georeferenciar as localizações da população através dos seus smartphones, no entanto, esta parece ser uma opção menos intrusiva embora necessite que todas (ou a grande maioria) das pessoas a utilize de forma a ter uma utilização eficaz.

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis.

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *