A Nintendo apresentou a Nintendo Switch Lite, consola optimizada para jogar no modo portátil

A Nintendo apresentou hoje a Nintendo Switch Lite, uma consola concebida especificamente para jogar títulos da Nintendo Switch no modo portátil. A Nintendo Switch Lite será lançada no dia 20 de Setembro em três cores: amarelo, cinzento e turquesa, a um preço a rondar os 199 dólares.

A Nintendo Switch, lançada em Março de 2017, oferece três modos de jogo: o modo TV, com a Nintendo Switch colocada numa base; o modo de superfície estável, que permite jogar em cooperação ou competição partilhando comandos Joy-Con e ainda o modo portátil. É neste modo que a Nintendo pretende apostar com o lançamento da versão Lite da consola.

A Nintendo Switch Lite conta com comandos incorporados e é mais pequena do que a original, não inclui um suporte e não oferece a possibilidade de ser ligada a uma TV, pelo que não virá acompanhada de uma base nem de um cabo HDMI. A nova consola será mais leve e compacta, não tem comandos destacáveis Joy-Con, estes estão integrados no corpo da consola. O ecrã será também mais pequeno que a consola original, de 5,5 polegadas mas mantendo a resolução de 720p.

A Swicth Lite será compatível com todos os jogos do extenso catálogo da Nintendo Switch que oferecem o modo portátil, embora alguns apresentem restrições. Tanto no verso da embalagem dos jogos como no site oficial da Nintendo podem aceder a mais detalhes sobre as funcionalidades e os modos compatíveis. Grandes títulos com opções multijogadores, como Super Mario Maker 2, Mario Kart 8 Deluxe, Splatoon 2 e Super Smash Bros. Ultimate, poderão ser jogados em conjunto por utilizadores de ambas as versões da consola através do serviço Nintendo Switch Online ou de uma ligação Wi-Fi local.

Com lançamento previsto para 20 de Setembro, uma edição limitada da consola será posta à venda a 8 de Novembro. A edição Zacian e Zamazenta trará botões em ciano e magenta, assim como ilustrações dos dois novos Pokémon lendários de Pokémon Sword e Pokémon Shield. Em Pokémon Sword e Pokémon Shield.

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis.

Ver todos os posts de Paulo Miranda →