Asus apresentou o ROG Phone II, a segunda iteração do seu dispositivo dedicado a jogos mobile

A ASUS anunciou, em parceria com a Tencent, o ROG Phone II, a próxima iteração de smartphones da marca voltada ao público gamer. Trazendo hardware de alta capacidade, o aparelho deve chegar ao mercado na primeira semana de Setembro de 2019.

O chipset, como já era de se esperar, é o modelo mais potente da Qualcomm na actualidade, o Snapdragon 855+, tornando o ROG Phone II o primeiro no mundo a utilizar a plataforma. “Dando continuidade ao sucesso do nosso primeiro smartphone gamer, os leais fãs da ROG esperam nada menos que a melhor qualidade de ecrã da linha Republic of Gamers para aprimorar a sua experiência de jogo”, disse Bryan Chang, chefe da divisão mobile da ASUS.

Outra das novidades é o suporte da tecnologia Soft Iris da Pixelwork, que aprimora a exibição de cores e pontos de iluminação, fazendo um melhor contraste e mostrando mais detalhes em zonas mais escuras dos cenários dos jogos. “Como a primeira parceira a lançar um smartphone com a nossa nova tecnologia Soft Iris, a Republic of Gamers eleva a qualidade visual para jogadores por meio de nossa precisão de cor e mapeamento de tons em HDR”, disse Anthony Gioeli, vice-presidente executivo e gerente geral de dispositivos de vídeo da Pixelworks.

O equipamento traz ainda os chamados air triggers, sensores posicionados no lado de dentro das bordas do ROG Phone II e que funcionam como como botões virtuais, sendo possível mapeá-los em jogos que possuam controles mais detalhados.

De mais, o ROG Phone II vem equipado com um ecrã OLED de 6,59 polegada com 120Hz de taxa de refrescamento, GPU em overclock de 675MHz, 12GB de memória RAM e 512GB de armazenamento interno, câmara de 48 megapixel, bateria de 6.000 mAh com tecnologia de carga ultra rápida a 30W e sistema operativo Android costumizado.

A ASUS será lançado em Setembro na China, devendo chegar ao ocidente pouco depois, embora ainda não tenham sido divulgados preços nem datas concretas.

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis.

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *