Jogos mobile da Riot Games já geraram mais de 100 milhões de dólares de receitas

Os jogos mobile da Riot Games, League of Legends: Wild Rift, Legends of Runeterra e Teamfight Tactics, ultrapassaram 100 milhões de dólares em receitas combinadas globalmente na App Store e Google Play, segundo dados da Sensor Tower Store.

A Riot Games lançou o seu primeiro jogo para smartphones, o título de Auto Chess Teamfight Tactics, em Março de 2020, com o título a gerar mais de 15 milhões de downloads e aproximadamente 27,5 milhões de dólares em receitas até ao momento. Foi rapidamente seguido pelo lançamento global do jogo de batalhas com cartas Legends of Runeterra em Abril de 2020, com o título a acumular cerca de 13 milhões de downloads e 16,2 milhões de dólares desde o lançamento. League of Legends: Wild Rift, por sua vez, um MOBA baseado no título de sucesso para PC, foi lançado pela primeira vez em Outubro de 2020 e tem sido implementado constantemente em todo o mundo. É o jogo móvel de maior sucesso da Riot até hoje, acumulando 46,3 milhões de downloads e 64,7 milhões de dólares em receitas globalmente, respondendo por cerca de 60% da receita móvel da editora.

Global Player Spending in Riot Games Mobile Titles

A receita dos três jogos para smartphones da Riot Games atingiu um novo recorde no segundo trimestre de 2021, gerando 36,5 milhões de dólares, um aumento de mais de 50% em relação ao primeiro trimestre de 2021 e representando um aumento de 3,4 vezes em relação ao ano passado.

Os Estados Unidos respondem pela maior parte da receita gerada pelo catálogo móvel da Riot Games, captando aproximadamente 28 milhões de dólares, ou cerca de 26%. A Coreia do Sul, por sua vez, ocupa a segunda posição, com 22% da receita, enquanto o Brasil ocupa a terceira posição, com 6,5%.

O Google Play gerou a maior parte da receita dos jogos da Riot, respondendo por 63,4 milhões de dólares em receita, ou 59,4% dos gastos totais dos jogadores. A App Store, por sua vez, responde por 44 milhões de dólares, ou 40,6%.

Quando se trata de downloads, o Brasil ocupa o primeiro lugar, com 7,4 milhões de instalações, ou 10% do total. A Coreia do Sul ocupa a segunda posição, com 9,6% dos downloads, enquanto os Estados Unidos ficam entre os três primeiros com 8,3%.

Tal como acontece com os gastos dos jogadores, o Google Play sai na frente para downloads, acumulando 48,3 milhões de instalações, ou 65% do total. A App Store, por sua vez, responde por 26 milhões de downloads, ou 35%.

Pouco mais de 16 meses após a primeira investida da Riot Games no mercado dos jogos mobile, a editora lançou três jogos e obteve 108,4 milhões de dólares de receitas. A empresa passou os últimos anos a diversificar o seu portefólio para além do seu maior sucesso League of Legends, embora esse continue a ser o seu título principal, mesmo em dispositivos móveis. Mais está programado para vir da Riot, com League of Legends: Wild Rift prestes a ser lançado na China, enquanto o FPS para P, Valorant, está planeado para um lançamento móvel no futuro, juntando-se a outros shooters como Call of Duty: Mobile da Activision, em colaboração com Timi Studio e PUBG Mobile da Tencent.

Partilhe este artigo:

por Redacção

Equipa de redacção da Foneplay. Fundada em 2005, a Foneplay é um site focado em todos os assuntos relacionados com jogos para smartphones, trazendo diariamente notícias, artigos e sugestões sobre os melhores jogos deste mercado.

Ver todos os posts de Redacção →

Deixe uma resposta

Os comentários, que são moderados antes de serem publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. A Foneplay reserva-se no direito de excluir comentários que achar não serem adequados.