Jogos hiper-casuais continuam a dominar o mercado dos jogos para smartphones

O mercado de jogos para smartphones registou um grande aumento durante o confinamento mundial devido à pandemia Covid-19 nos últimos meses. A dúvida coloca-se se a redução das restrições e a abertura das actividades ao ar livre iriam prejudicar a indústria em 2021? Não, muito pelo contrário, os consumidores gastaram 1,7 mil milhões de dólares em jogos para Android e iOS por semana em todo o mundo durante o primeiro semestre deste ano, com os jogos causais a provarem ser os mais populares.

O relatório 2021 Mobile Gaming Tear Down da App Annie mostra que as receitas dos jogos mobile devem ultrapassar 120 mil milhões de dólares este ano. Isso representará um aumento de 20% em relação aos 100 mil milhões registados em 2020. As receitas semanais, por sua vez, aumentaram 24% em comparação com o ano passado e 40% quando comparadas com os dias pré-pandemia de 2019.

Os jogos hiper-casuais, descritos como fáceis de jogar, geralmente gratuitos e com interfaces minimalistas, continuam a ter a maior fatia do mercado de downloads de jogos mobile. Ilustrando a popularidade do género está algumas aquisições de empresas responsáveis por alguns desses títulos mais populares. De salientar que os géneros de quebra-cabeça e acção cresceram 16% e 37% em relação ao primeiro semestre de 2020, respectivamente.

São cada vez mais os jogos para dispositivos móveis que estão a gerar mais de 1 milhão de dólares por mês, uma média de mais de 810 no primeiro semestre de 2021. Isso representa um aumento de 6% em relação ao ano anterior e 25% em comparação com 2019. Não surpreendentemente, alguns dos jogos em que as pessoas gastaram mais dinheiro foram Roblox, Genshin Impact e Honor of Kings.

Nos Estados Unidos, a maioria dos jogadores em dispositivos móveis é do sexo feminino (64%). Isso não é incomum, pois as únicas grandes regiões com mais jogadores do sexo masculino do que do sexo feminino são o Japão (56% do sexo masculino) e a Coreia do Sul (53% do sexo masculino), locais onde imperam os títulos do género MMORPG, os grande impulsionadores das receitas mundiais da indústria.

Existem vários factores responsáveis pelo aumento das receitas dos jogos mobile neste ano: as pessoas continuam a jogar os jogos que descarregaram durante o auge da pandemia, a escassez e o custo das novas consolas e hardware de PC que significa que mais consumidores estão a optar por dispositivos móveis, e as pessoas que voltam ao trabalho continuam a usar esses jogos durante os trajectos e deslocações.

Partilhe este artigo:

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis. Facebook | LinkedIn

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

Os comentários, que são moderados antes de serem publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. A Foneplay reserva-se no direito de excluir comentários que achar não serem adequados.