Foneplay: os melhores de 2020 em diversas categorias

Chegou então o momento de revelarmos as nossas escolhas dos melhores do ano. Esta é a décima sexta vez que o fazemos, e ao longo destes vários anos temos vindo a alterar as diversas categorias em eleição. Este ano optámos por mudar, largar as típicas categorias de géneros de jogos, como o melhor jogo de acção ou o melhor quebra-cabeças.

Importa também referir que alguns dos vencedores foram jogos cujo lançamento original não foi em 2020, no entanto, ou porque no ano passado tiveram um impacto fora do vulgar ou porque foi em 2020 que passaram a estar disponíveis para ambas as plataformas móveis, Android e iOS, não deixámos de os ter em conta nas nossas listas de vencedores.

Nesta publicação vamos revelar a quase totalidade dos nossos eleitos como os melhores do ano, mas será amanhã que iremos revelar o top dos 10 melhores jogos de 2020, elegendo aquele que, segundo a nossas redacção, foi o melhor jogo do ano.

Sem mais demoras, aqui ficam as nossas escolhas dos melhores de 2020.

Melhores dos Leitores da Foneplay

Pela primeira vez em 16 anos, decidimos ter este ano uma categoria dos melhores segundo os nossos leitores. E eles não deixaram de deixar o seu voto e eleger os que consideram ser o melhor jogo e smartphone de 2020.

Os nossos leitores escolheram o iPhone 12 Max como o melhor smartphone de 2020, a mais recente versão do equipamento da Apple. Embora seja um equipamento bastante caro, ele vem muito bem apetrechado de recursos e funcionalidades. Dotado de um ecrã OLED de 6,7″ com tecnologia Super Retina XDR, a sua resolução é de 2778 × 1284 pixeis com 458 ppp. Equipado com um processador Apple A14 Bionic com uma unidade Neural Engine de última geração, iPhone 12 Max existe em três versões com diferentes capacidades de memória RAM.

Genshin Impact foi o eleito pelos nossos leitores como o melhor jogo de 2020. Escolhido por inúmeros canais como o melhor do ano, entre os quais a Apple e a Google, Genshin Impact foi um dos jogos mais badalados de 2020, devido à sua performance em termos de downloads e receitas.

Genshin Impact é um RPG de acção com impressionantes gráficos, várias vezes comparado com Zelda: Breath of the Wild. É ambientado num enorme mundo aberto chamado Teyvat, onde o jogador mais o seu irmão chegam despojados de todos os seus poderes. Será preciso vaguear ao redor do mundo para encontrar os Sete, deuses que, com sorte, irão dar as respostas que eles procuram. O jogo foi aclamado pela crítica pelo seu vasto mundo aberto, deslumbrante grafismo e uma banda sonora suave pela Orquestra Filarmónica de Londres. O jogo funciona num sistema de gacha, com um jogo básico gratuito e moeda opcional, que pode ser gasta na oportunidade de ganhar prémios, como armas, saques e personagens adicionais para o grupo.

Melhor Smartphone

A nossa escolha do melhor smartphone para jogos de 2020 só poderia ser o ROG Phone 3. A nova versão da série da ASUS pegou na versão anterior e elevou a fasquia ainda mais. Dotado do chipset Snapdragon 865+, o equipamento apresenta uma solução de refrigeração massiva de ponta, incorporando ainda um ventilador externo, bem como acesso de baixo nível sem precedentes para ajustes de desempenho do sistema para a CPU e GPU. 

O ROG Phone 3 traz um ecrã AMOLED de 144 Hz ainda mais rápido e uma configuração de câmara mais potente, e, embora isto nunca tenha sido uma grande prioridade neste equipamento, o ROG Phone 3 consegue oferecer uma excelente experiência, incluindo até alguns recursos de destaque, como a captura estabilizada de vídeo a 8K.

Quase todos os seus componentes internos são optimizados para velocidade, como o armazenamento UFS 3.1 e a porta USB 3.1, para citar apenas alguns. Tudo apoiado por uma enorme bateria de 6.000 mAh com carregamento rápido de 30 W. Possui ainda um dos melhores alto-falantes estéreo de toda a indústria, optimizado através do áudio Dirac.

Lançado em Agosto, o ROG Phone 3 ainda se consegue manter no top 10 da AnTuTu dos smartphones Android mais potentes do mercado.

Melhor Jogo Casual

Os jogos casuais são os que mais populam as lojas de aplicações, sendo aqueles que acabam por se tornar na primeira experiência de muitas pessoas com os jogos mobile. A nossa escolha como o melhor jogo casual de 2020 é… Harry Potter: Puzzles & Spells

Podíamos pensar que um jogo de combinar peças iguais, dos quais existem milhares, e ainda para mais baseado em Harry Potter, uma franquia que já tem alguns anos, não fosse ter grande impacto, mas a verdade é que teve, melhor do outros títulos da mesma franquia com mecânicas bem mais elaboradas.

Criado pela Zynga, Harry Potter: Puzzles & Spells é um jogo de combinar peças bastante normal mas muito bem feito, contando com personagens, cenários e músicas dos filmes, colocando os jogadores a desbloquear e actualizar feitiços, coleccionar cartas, participar em eventos e, geralmente, mergulhar no universo de Harry Potter. 

Melhor Jogo Hardcore

Embora muito vejam os jogos mobile como títulos casuais para divertir durante sessões de poucos minutos, existem muitos jogos dirigidos a um público gamer que procura algo mais intenso. A nossa escolha como o melhor jogo hardcore de 2020 é… Pascal’s Wager.

O jogo obtém o nome do argumento filosófico que sugere que cada ser humano aposta a sua vida se Deus é real ou não. A premissa do jogo é algo sombria. O sol afundou-se até ao fundo do oceano, apagando toda a luz do mundo. Uma névoa espessa e maliciosa chamada Sendril representa uma ameaça constante à sanidade do jogador. Aqueles que caem para Sendril são corrompidos e ficam marcados. Mas nem toda esperança está perdida. Criaturas chamadas Colossi tornaram-se uma fonte de luz que pode afastar o Sendril. Os humanos voltaram aos seus hábitos para perseguir os Colossos onde quer que eles vão. Sem luz, sem vida. Essas são as novas regras do mundo. Pascal’s Wager é um jogo bastante intenso e imersivo dotado de um excelente grafismo.

Melhor Jogo Indie

As loja de aplicações móveis foram um grande impulsionador dos denominados jogos indie, ou seja, títulos criados por programadores individuais ou pequenas empresas. O lema é que qualquer um poderia criar um jogo para smartphone e, rapidamente e sem grandes custos, colocá-lo disponível no mundo inteiro. Se este cenário actualmente já não é tão linear assim, uma vez que as grandes editoras marcam forte presença nos jogos mobile, não deixam de ser os títulos indie aqueles que, normalmente, trazem mecânicas e histórias a destacar. A nossa escolha como o melhor jogo indie de 2020 é… GRIS.

GRIS é um daqueles casos que indicámos acima, foi originalmente lançado para iOS em 2019 mas apenas em 2020 chegou ao Android, ou seja, abarcou a totalidade das duas principais plataformas mobile, daí o termos elegido. O jogador começa por observar uma menina a cantar alto no céu até que a superfície abaixo dela se desintegra. O canto dela transforma-se em silêncio e a cor desaparece do ecrã.

O objectivo é passar por esse território desconhecido para conseguir estrelas e ganhar novas habilidades e poderes. Quanto mais se progride, mais a cor retorna ao mundo do jogo, aos poucos. Embora GRIS possa ser algo desafiante, a mecânica e visuais fazem com que valha a pena.

Melhor Jogo Multiplayer

Os jogos multiplayer nunca foram tão importantes e procurados como durante os principais períodos de confinamento. E foi nesses meses que um jogo se destacou, e por isso o seleccionámos. A nossa escolha como o melhor jogo multiplayer de 2020 é… Among Us.

Embora tenha sido lançado originalmente em 2018, foi em 2020 que se revelou tornando-se no seu melhor ano de sempre. O jogo ganhou força no Twitch e tornou-se um nome familiar ao longo de 2020. Em Among Us o jogador e outros tripulantes tentam fazer tarefas numa nave espacial, enquanto um impostor é encarregado de os matar todos. É simples de jogar e fácil de começar, exigindo no entanto uma boa ligação à Internet. Não seria a melhor lista de 2020 se não incluíssemos este jogo.

Melhor Exclusivo iOS

Como sabemos, existem diversos jogos que saem primeiro para iOS e depois para Android. Alguns são mesmo exclusivos da plataforma da Apple, não porque existe algum acordo para o efeito, mas porque as editoras não vêm vantagem em disponibilizar esses títulos para Android. Isto é sempre algo difícil de saber, pois existem casos em que a versão Android é lançada muitos meses depois. Não são muitos, mas existem vários títulos que estão, para já, apenas disponíveis para iOS. A nossa escolha como o melhor jogo exclusivo para iOS de 2020 é… If Found…

If Found… é um romance visual interactivo que nos transporta até 31 de Dezembro de 1993, nas ruínas de uma mansão na Ilha Achill, onde Kasio, a personagem do jogo, destrói o seu diário. Ele conta a história do seu regresso para casa no oeste da Irlanda, o conflito com a sua família, os amigos que faz e os desafios que enfrenta. Tudo leva à noite em que um buraco negro destruirá o mundo todo. De onde ele veio? Há uma maneira de detê-lo?

Com mecânicas de interacção totalmente novas, arte desenhada à mão e uma banda sonora incrível, os jogadores reviverão as experiências de Kasio e verão momentos felizes e dolorosos que compõem o mês de Dezembro de 1993. Recursos incluem: paixonetas estranhas, o planeta Júpiter, muitos beijos, um show punk, confusão, felicidade, uma cadelinha fofa e uma invasão.

Melhor Jogo Apple Arcade

Continuando com a Apple e o iOS, chegou o momento de eleger o melhor jogo do serviço Apple Arcade de 2020. Resolvemos criar esta categoria uma vez que, ao contrário dos restantes serviços de subscrição de jogos, o Apple Arcade contém jogos que não estão disponíveis em mais lado nenhum. E, embora sem um grande volume de títulos, existe um leque bastante interessante de jogos que achamos que devem ser destacados. A nossa escolha como o melhor jogo Apple Arcade de 2020 é… Alba: A Wildlife Adventure

Criado pelo estúdio premiado com um BAFTA, os criadores de Monument Valley, Alba é um jogo diferente, onde o jogador passeia pelas ruas, praias e montanhas de uma ilha mediterrânica e fotografa a vida selvagem local. Enquanto faz isso, também precisa limpar o lixo, arranjar pontes e placas, curar animais feridos e geralmente agir como o benfeitor local. Há uma sensação realmente adorável de positividade em tudo isto.

Melhor Editora

E não podemos ficar apenas por avaliar os jogos, é preciso também destacar quem os faz. A nossa escolha como a melhor editora de jogos para smartphones de 2020 é… Riot Games

Embora faça parte da Tencent, não escolhemos a gigante asiática, mesmo sendo aquela que lidera o top mundial de receitas. A nossa escolha recaiu sobre a Riot Games, porque disponibilizou durante 2020 os jogos que tinha prometido. Teamfight Tactics, Legends of Runeterra e League of Legends: WIld Rift, este último com lançamento oficial marcado apenas para 2021, mas já disponível em versão beta em muito países, inclusive Portugal. São jogos extremamente bem pensados e desenhados para smartphones, usando conhecidas e populares franquias e fornecendo aos fãs formas diferentes de se divertirem.

Melhor Performance

Esta categoria de melhor performance visa destacar e homenagear jogos que se mantenham no topo da popularidade, downloads ou receitas durante muito tempo. E não é difícil saber qual a nossa escolha, que foi… Subway Surfers.

Co-desenvolvido pela Kiloo e pela Sybo Games, Subway Surfers foi lançado originalmente em 2012, mas ainda continua a marcar presença no top dos 10 jogos mais descarregados em todo o mundo. Em Março de 2018 o jogo atingiu a inédita marca de mil milhões de downloads na plataforma Android, o primeiro a atingir tal marca na plataforma da Google. O objectivo é fácil, correr para fugir do rabugento inspector e do seu cão, percorrendo as linhas dos comboios e saltando de linha em linha.

Menção Honrosa

Por último, fica a menção honrosa, um jogo que, por alguma razão, deva ser destacado. E, num ano marcado por uma pandemia que levou a que grande parte da população mundial tivesse que estar confinada em casa durante vários meses, que impacto poderia isto ter num jogo cuja mecânica baseia-se no jogador ter que sair de casa e andar pelas ruas? Podíamos pensar que seria mau, mas, pelo menos para um jogo, não o foi. Pois é, a nossa escolha para o prémio de Menção Honrosa é… Pokémon Go

Embora não esteja tão mediático como em 2016, aquando do seu lançamento, Pokémon Go teve em 2020 o seu melhor ano de sempre. A Niantic conseguiu mudar a mecânica do jogo e eventos para atender os jogadores que tiveram de ficam em casa. A adição dos Remote Raids permitiram que os jogadores jogassem das suas casas, especialmente para eventos que geralmente exigiam sair para capturar criaturas num mapa do mundo real. Agora, com a introdução das temporadas e a primeira rodada de monstros da Geração 6, Pokémon Go entra em 2021 com ainda mais força.

Depois desta longa lista de vencedores, apenas posso adiantar que não percam amanhã quando revelarmos o top dos 10 melhores jogos de 2020.

Partilhe este artigo:

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis. Facebook | LinkedIn

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

Os comentários, que são moderados antes de serem publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. A Foneplay reserva-se no direito de excluir comentários que achar não serem adequados.