Estes são os 60 finalistas do Google Play Indie Games Festival 2021 da Europa, Japão e Coreia do Sul

Em Junho a Google abriu as inscrições para o evento anual da versão internacional do Indie Games Festival 2021 e, durante estas semanas, a equipa da Google Play recebeu milhares de solicitações de programadores de jogos independentes que desejam participar desta competição.

Nesta nova edição do Google Play Indie Games Festival 2021 pretende-se premiar os melhores jogos indie da Europa, Japão e Coreia do Sul, e nesta primeira etapa, entre os milhares de participantes, já foram seleccionados os 60 finalistas deste ano, 20 por cada região, com os nove vencedores a serem anunciados em Setembro.

Como no ano passado, a equipa da Google Play premiará os jogos independentes mais criativos e dar-lhes-à mais visibilidade na loja de aplicações para Android. A Google seleccionará três jogos por região através de três eventos virtuais (um por região) a 4 de Setembro. Os eventos serão gratuitos e tu só precisas inscrever-te para participar no edição da Europa, Japão ou Coreia do Sul.

Fiquem a conhecer a lista dos 20 finalistas de cada região, entre eles Railways, o único jogo made in Portugal que conseguiu chegar à final. Trata-se de um divertido e desafiante quebra-cabeças que envolve mover os comboios de forma estratégica entre as diferentes linhas ferroviárias, apanhando os passageiros e evitando colisões com outros comboios.

Europa

Japão

Coreia do Sul

Partilhe este artigo:

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis. Facebook | LinkedIn

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

Os comentários, que são moderados antes de serem publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. A Foneplay reserva-se no direito de excluir comentários que achar não serem adequados.