Estes são os 10 jogos para smartphones mais lucrativos dos últimos anos

A indústria de jogos móveis tornou-se rapidamente numa das mais lucrativas do mundo. Os jogos mobile mais populares ultrapassam de forma consistente os 100 milhões de dólares individualmente a cada mês, com a maior parte dos gastos dos consumidores a serem gerados na Ásia, em países como China, Coreia do Sul e Japão

De seguida mostramos a lista dos 10 jogos mobile maiores geradores de receitas, de acordo com os dados da Sensor Tower. As estimativas abrangem o período de 1 de Janeiro de 2014 a 31 de Julho de 2021.

Os números representam as receitas na App Store e na Google Play e não incluem lojas Android de terceiros. Da mesma forma, estes números não representam receita adicional que as empresas possam ter obtido por meio de acordos de publicidade e patrocínio.

Importa referir que a lista não inclui um único jogo premium, em vez disso, cada entrada enquadra-se na categoria free-to-play e inclui compras na aplicação. Isso diz muito sobre a indústria de jogos para smartphones e abre um precedente para futuros programadores sobre a melhor forma de monetizar os seus jogos, caso desejem entrar nesta lista.

10. Lineage M

MMORPG desenvolvido pela NCSoft que foi lançado em Junho 2017 e gerou 3,5 mil milhões de dólares até o momento.

Lineage M é uma versão móvel do MMORPG Lineage de 1998 baseado num gibi sul-coreano de mesmo nome. A franquia Lineage é uma das mais populares na Coreia do Sul e, sete horas após o lançamento, atingiu o primeiro lugar do top para iOS no país.

9. Fantasy Westward Journey

MMORPG chinês criado pela NetEase que foi lançado em Maio de 2015 e alcançou receita de 4,7 mil milhões de dólares.

Semelhante ao Lineage M, Fantasy Westward Journey é uma iteração móvel de um popular MMORPG para PC que foi lançado originalmente em Dezembro de 2001. Fantasy Westward Journey foi lançado para iOS e Android em 2015 e continua a ter um desempenho admirável para a NetEase seis anos depois.

8. Pokémon GO

Jogo de realidade aumentada desenvolvido pela Niantic que gerou 5,2 mil milhões de dólares desde o seu lançamento em Julho de 2016.

Pokémon GO mudou totalmente a forma como os jogos para smartphones podiam ser jogados. Ao contrário do método sedentário tradicional, Pokémon GO incentiva os jogadores a saírem e explorarem o mundo. Pokémon GO continua forte após cinco anos desde o lançamento. Eventos ao vivo, como o Pokémon GO Fest, contam com milhares de participantes de todo o mundo, com a base de jogadores da Niantic a crescer continuamente.

7. Fate / Grand Order

RPG japonês lançado em 2015 e com receitas de 5,4 mil milhões de dólares.

Fate / Grand Order é um RPG japonês baseado na franquia da Type-Moon, tendo sido lançado no Japão em Julho de 2015 e dois anos depois no resto do mundo. O título é extremamente popular no Japão, onde os jogadores contribuíram anteriormente com 82% das receitas totais, com a China e os Estados Unidos num distante segundo e terceiro lugar, respectivamente. A franquia fez tanto sucesso que chegou a receber vários filmes de animação, uma série animada, três adaptações de mangá, uma versão de arcade e duas peças de teatro em 2017 e 2019.

6. Puzzle & Dragons

RPG e match-3 criado por GungHo Online Entertainment que gerou 5,6 mil milhões de dólares desde o seu lançamento em 2012.

Puzzle & Dragons é um RPG de batalhas de monstros apoiado numa mecânica de combinação de três peças iguais, o vulgarmente denominado match-3, tendo sido o primeiro jogo para smartphones a ultrapassar a marca do milhão de dólares em receitas. Desde o lançamento em Fevereiro de 2012, o jogo foi descarregado mais de 80 milhões de vezes, destacando o quão populares os títulos de combinação de três para smartphones podem ser. A maior parte da receita da Puzzle & Dragons foi acumulada no Japão, onde o título tornou-se o mais bem-sucedido e permanece o mesmo até hoje. Puzzle & Dragons está disponível apenas no Japão, América do Norte e Europa, nesta apenas para dispositivos iOS.

5. PUBG Mobile

O famoso battle royale que foi lançado em 2018 e atingiu os 6,2 mil milhões de dólares de receita no mobile.

Player Unknown Battlegrounds (PUBG) foi um dos pioneiros do género Battle Royale. Lançado inicialmente para PC em Março de 2017, o jogo recebeu uma versão móvel no ano seguinte. Embora PUBG inicialmente tenha experimentado um começo difícil que viu a concorrência, o jogo Fortnite, ter sucesso, o jogo fez um grande retorno para tornar-se o Battle Royale com maiores receitas nos smartphones. O lançamento do jogo em alguns países tem sido algo conturbado, PUBG Mobile foi proibido em vários países, como a China tendo sido depois relançado com outro nome, Game for Peace, não apresentando sangue e estando em conformidade com outros valores chineses. E também a Índia, indicando receio pela segurança e o suposto potencial da dependência dos jogadores mais jovens, tendo sido relançado como Battlegrounds India Mobile. Um segundo título móvel baseado na franquia, PUBG: New State, está em desenvolvimento e deverá ser lançado ainda este ano.

4. Candy Crush Saga

Título de quebra-cabeças desenvolvido pela King que gerou 6,4 mil milhões de dólares desde o seu lançamento em 2012.

Candy Crush Saga é o segundo título de match-3 a ganhar um lugar nos 10 jogos para smartphones com maiores receitas, solidificando a lucratividade do género. Lançado originalmente como uma experiência para browsers, Candy Crush Saga finalmente chegou ao iOS em 14 de Novembro de 2012 e ao Android dois meses depois.
Candy Crush foi considerado um dos mais originais e bem-sucedidos do modelo “freemium”, onde os jogadores podem jogar o jogo inteiro sem gastar um centavo. Embora, esta classificação sugira o contrário com compras no jogo projectadas para os jogadores adquirirem itens que os ajudarão a progredir através dos níveis mais difíceis.
Desde o lançamento de Candy Crush Saga, King desenvolveu três outros títulos semelhantes: Candy Crush Soda Saga, Candy Crush Jelly Saga e Candy Crush Friends Saga. Como resultado do domínio de Candy Crush no mercado, a Activision Blizzard adquiriu a King, produtora do jogo, em 2016 por 5,9 mil milhões de dólares.

3. Clash of Clans

O jogo de maior sucesso da Supercell, lançado em 2012 e com receitas de 7,7 mil milhões de dólares.

Clash of Clans levou a empresa a tornar-se um nome conhecido no mercado móvel. O jogo foi inicialmente lançado para iOS com um lançamento para Android um ano depois. Clash of Clans recebeu quatro títulos spin-off ambientados no mesmo universo. O primeiro spinoff foi o Clash Royale de 2016, com mais três revelados estarem em desenvolvimento no início deste ano: Clash Mini, Clash Quest e Clash Heroes. O conglomerado chinês Tencent detém uma participação maioritária na Supercell, naquela que foi a maior aquisição da indústria de jogos de todos os tempos.

2. Monster Strike

RPG japonês desenvolvido pela Mixi (XFLAG) que gerou 9,3 mil milhões de dólares desde seu o lançamento em 2013.

Monster Strike é um RPG japonês que apresenta física, quebra-cabeças e recursos multiplayer. Muito parecido com muitos outros jogos desta lista, Monster Strike obteve grande sucesso na sua terra natal, o Japão, e em 2014 roubou o primeiro lugar como o jogo para smartphones maior gerador de receitas. Dito isso, o jogo tem lutado para expandir o público de Monster Strike fora do Japão e, embora tenha sido lançado na América do Norte, Taiwan e Coreia do Sul, a maior parte da receita do jogo é gerada pelos consumidores japoneses. A falta de sucesso de Monster Strike no exterior não provou ser um problema, já que o RPG é o segundo jogo para smartphones com a maior receita do mundo, com mais de 50 milhões de instalações. A Mixi fez crescer a franquia ao criar merchandise e até uma série animada.

1. Honor of Kings

MOBA criado pela Tencent que foi lançado em 2015 e atingiu os 9,6 mil milhões de dólares em receita.

Honor of Kings é a obra-prima de Tencent e ocupa o primeiro lugar como o jogo mobile que gerou a maior receita de todos os tempos. O jogo segue os passos de League of Legends da Riot Games e já ultrapassou 100 milhões de utilizadores activos diários. Honor of Kings regularmente assume a liderança do top mundial mensal de receitas. A maior parte deste sucesso vem da China, de onde o jogo provém e foi individualmente responsável por 96% dos gastos dos jogadores globais em 2018.
O jogo é tão popular na China que os media estatais o rotularam de “ópio espiritual” e a editora Tencent teve que implementar várias restrições, como limitar a quantidade de tempo diário de ecrã que menores de 18 anos podem ter e proibir compras no jogo para crianças menores de 12 anos.
Uma adaptação internacional do jogo, Arena of Valor, foi lançada em 12 de Outubro de 2016 em Taiwan, que gradualmente foi conquistando outros territórios nos anos seguintes. Honor of Kings é um contribuidor colossal para Tencent, sendo uma grande parte do motivo pelo qual o gigante chinês da tecnologia expandiu-se para o tamanho gigantesco que é hoje. Através de uma série de títulos desenvolvidos com sucesso e aquisições inteligentes, a Tencent tornou-se a empresa líder de jogos para smartphones do mundo e domina claramente esta lista.

Fonte: Pocketgamer.biz, Sensor Tower

Partilhe este artigo:

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis. Facebook | LinkedIn

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

Os comentários, que são moderados antes de serem publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. A Foneplay reserva-se no direito de excluir comentários que achar não serem adequados.