Samsung e Xiaomi dominam as vendas mundiais de smartphones no primeiro trimestre do ano

Num trimestre marcado pela pandemia da Covid-19, as remessas globais de smartphones atingiram um total de 275 milhões de unidades, com o Android a ser responsável por 86% de quota de mercado.

Samsung e Xiaomi juntas dominam os seis principais modelos de smartphones mais vendidos no primeiro trimestre de 2020. O Samsung Galaxy A51 foi o modelo de smartphone Android mais vendido no mundo e representou uma quota de mercado de 2,3%. O A51 da Samsung é popular em todas as regiões, principalmente na Europa e na Ásia.

O Xiaomi Redmi 8 foi o segundo modelo de smartphone Android mais popular do mundo, com 1,9% de quota. A gama de smartphones Redmi da Xiaomi vende muito bem na Índia e na China e cada vez mais na Europa.

O Samsung Galaxy S20+ ocupou a terceira posição com 1,7% de quota, sendo o único modelo premium que aparece no top dos seis primeiros.

Como as operadoras reduziram a subsídiação nos últimos anos e muitos países estão a entrar numa recessão após o vírus, os consumidores de smartphones em todo o mundo estão a tornar-se cada vez mais sensíveis aos preços e estão a procurar novos modelos Android que ofereceram a melhor relação qualidade-preço.

A Samsung apresenta quatro modelos no top dos seis mais vendidos, juntando assim o Samsung Galaxy A10s e o Galaxy A20s aos outros equipamentos já referidos. A Xiaomi apresenta ainda outro modelo neste top, para além do Redmi 8, mais concretamente o Redmi Note 8, claros indicadores que os consumidores procuram dispositivos com boas especificações e a preços mais acessíveis.

Partilhe este artigo:

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis. Facebook | LinkedIn

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

Os comentários, que são moderados antes de serem publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. A Foneplay reserva-se no direito de excluir comentários que achar não serem adequados.