Receitas dos videojogos vão subir este ano, com especial destaque para o segmento dos smartphones

Já estamos há cerca de dois meses confinados em casa devido à pandemia do coronavírus e, à medida que o tempo passa, as diversas indústrias estão a analisar o respectivo impacto financeiro, e as formas como a Covid-19 afectou os diferentes segmentos. A indústria dos videojogos não é excepção, e a empresa de análise de dados Newzoo divulgou um recente relatório com a sua análise deste negócio.

Segundo esse relatório, o mercado de jogos globais em 2020 alcançará uma receita de 159 mil milhões de dólares, representando um aumento de 9,3% em relação ao ano anterior. A empresa indica que este aumento será devido, em grande parte, às consolas de última geração e aos efeitos do confinamento em casa devido à Covid-19.

Como a pandemia está a manter as pessoas dentro de casa, todos os tipos de jogos estão a ter picos de utilização, mas nenhum de tal magnitude como os jogos para smartphones, com a Newzoo a prever que as respectivas receitas possam atingir os 77,2 mil milhões de dólares em 2020, um aumento de 13,3% em relação ao ano anterior, o que representará cerca de 48% do total de receitas do mercado global. A Newzoo indica ainda que este aumento é também devido ao facto dos jogos para smartphones terem poucas barreiras para experimentar e o seu desenvolvimento ser menos complexo, tornando-os menos propensos a sofrer atrasos nos lançamento.

A empresa de análise prevê que existirão 2,6 mil milhões de jogadores mobile em 2020, embora apenas 38% irão pagar pelos jogos, e espera um êxodo perceptível quando as restrições da Covid-19 forem levantadas devido à baixa barreira de entrada e saída na experimentação deste tipo de jogos.

Fonte: Newzoo

Nos outros segmentos, os jogos para consolas devem crescer 6,8% comparando com o ano passado, devendo atingir receitas de 45,2 mil milhões de dólares, com mais de 729 milhões de jogadores em 2020. A Newzoo espera que as receitas cresçam, mas os impactos da Covid-19 poderão resultar em atrasos nos lançamentos e simplificações no desenvolvimento deste tipo de jogos, factos que impedirão que os jogos para consolas consigam obter os mesmos ganhos que os para dispositivos móveis.

Finalmente, a Newzoo prevê que os jogos para PC crescerão quase 5%, para cerca de 36,9 mil milhões de dólares de receitas em 2020, com 1,3 mil milhões de jogadores. O crescimento será, como nos outros segmentos de jogos, devido às medidas de confinamento. No entanto, a Newzoo indica que o PC terá pouco impacto nos novos lançamentos, uma vez que a distribuição física não é um problema e porque os novos lançamentos raramente afectam o crescimento do mercado, sendo que os principais jogos de PC geralmente ficam no top por vários anos.

Nos três segmentos (PC, consolas e smartphones), quase metade das receitas virão da China e dos EUA em 2020. No entanto, o crescimento será impulsionado pelos mercados emergentes em regiões como América Latina e Ásia-Pacífico nos próximos anos.

Finalmente, a Newzoo prevê que o mercado global de jogos excederá os 200 mil milhões de receitas até o final de 2023.

Fonte: Newzoo

Partilhe este artigo:

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis. Facebook | LinkedIn

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

Os comentários, que são moderados antes de serem publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. A Foneplay reserva-se no direito de excluir comentários que achar não serem adequados.