OPPO chega oficialmente ao mercado nacional e traz o novo smartphone A9

A OPPO anunciou oficialmente a sua chegada ao mercado Português, aumentando assim o seu crescimento no mercado europeu e passando a estar presente em mais de 40 países. Esta acção segue e reforça a estratégia da marca de liderar o mercado de smartphones marcado presença num novo território onde poderá mostrar a qualidade, a beleza e o poder dos seus dispositivos.

O OPPO A9, um equipamento de gama média, é o primeiro smartphone da empresa a chegar a Portugal, estando já à venda por preços a rondar os €240 na NOS e nos principais retalhistas nacionais, como Media Markt, Worten, El Corte Inglés, PC Diga e Fnac. O dispositivo incorpora quatro lentes traseiras de 48MP, 8MP, 2MP e 2MP, e uma câmara frontal de 16MP localizada num notch em forma de gota. Traz ainda um ecrã de 6.5 polegadas com resolução HD+ de 720 x 1600 pixeis, um processador Snapdragon 665 e uma bateria de 5000 mAh, um conjunto bastante poderoso de funcionalidades.

Smartphone OPPO A9 2020

Até ao dia 3 de Maio, na compra de um telemóvel A9 na NOS, os utilizadores poderão obter como oferta, uma câmara Action Cam.

A Oppo foi lançada na China em 2004 e pertence ao grupo BBK Electronics, que também fabrica as marcas Vivo, OnePlus e Realme. Com a chegada a Portugal, a Oppo eleva para 40 o número de mercados onde está presente, entre os quais se destacam Espanha, França, Reino Unido, Itália, Alemanha, Suíça, China, Índia, Turquia e Rússia.

Partilhe este artigo:

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis. Facebook | LinkedIn

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

Os comentários, que são moderados antes de serem publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. A Foneplay reserva-se no direito de excluir comentários que achar não serem adequados.