Reclamações dos serviços de telecomunicações descem cerca de 1%

A ANACOM revelou ter recebido 100,6 mil reclamações sobre serviços de comunicações, sendo cerca de 70% desse valor referente a serviços de telecomunicações. Embora o volume seja grande, quase 72 mil reclamações, estas desceram cerca de 1% em 2019, quando comparado com o ano anterior.

Foi ainda indicado o tema mais reclamado foi a facturação de serviços (29%), seguida da contratação de serviços (25%).

Fazendo uma análise por sector, assinala-se que nos serviços de comunicações electrónicas, a MEO foi o prestador mais reclamado (36%), seguida da NOS (32%), da Vodafone (28%) e da NOWO/ONI (4%). A MEO foi o único prestador que teve uma redução do volume de reclamações, -21% (para 26 mil). As reclamações sobre a Vodafone subiram 34% (para 19,9 mil), seguindo-se a Nowo/ONI com um aumento de 18% (para 2,7 mil) e a NOS com um aumento de 4% (para 23 mil).

A ANACOM refere ainda que 48% do total de reclamações foram feitas através do livro de reclamações electrónico e 46% foram registadas no livro de reclamações físico. As restantes 6% foram apresentadas através de outros meios disponibilizados pela ANACOM, como email, correio e fax.

Partilhe este artigo:

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis. Facebook | LinkedIn

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

Os comentários, que são moderados antes de serem publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. A Foneplay reserva-se no direito de excluir comentários que achar não serem adequados.