Foi há 10 anos que Steve Jobs apresentou o iPad

Faz hoje 10 anos que o lendário Steve Jobs apresentou o iPad, um novo dispositivo que o mesmo afirmou ser “revolucionário”. Foi o inicio de um novo ramo dos dispositivos móveis, os denominados tablets, sendo o iPad ainda hoje a grande referência do sector com uma quota de mercado de quase um terço.

Embora o ramo dos tablets não se tenha tornado naquilo que muitos ambicionavam ou projectavam, com o entusiamo por dispositivos deste género a estar em queda nos últimos anos, a Apple vendeu mais de 300 mil exemplares no primeiro dia de lançamento, registando mais de 360 milhões de iPads vendidos até à actualidade. Esta tendência tem, no entanto, mostrado evidências de estar a inverter-se nos últimos trimestres, especialmente devido às novidades que a empresa da maça apresentou para o dispositivo no ano passado.

Após 10 anos, a Apple decidiu, finalmente, criar um sistema operativo próprio para os iPads que os distancia do iPhone e aproxima dos laptops, com cada vez mais ferramentas e funcionalidades de produtividade. O iPadOS tornou o equipamento mais robusto, podendo executar diversas aplicações em simultâneo e tendo um novo nível de multi-tarefa. Hoje em dia existem vários modelos de iPad, para além do modelo genérico. Temos então o iPad mini, o iPad Air e o iPad Pro, totalizando quatro os modelos que fazem parte da sétima geração do tablet da Apple.

São esperadas novidades da Apple para o iPad, como novos modelos Pro e funcionalidades ligadas com realidade aumentada, que deverão ser apresentadas em Março deste ano.

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis.

Ver todos os posts de Paulo Miranda →

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *