Samsung anuncia que o Galaxy Fold será lançado em Setembro

Anunciado no início deste ano, o Galaxy Fold não teve o impacto esperado, com diversas queixas e problemas aquando dos testes iniciais. A Samsung adiou o lançamento do equipamento, tendo entretanto feito várias melhorias para resolver os problemas detectados e garantir que os consumidores tenham a melhor experiência possível, tendo, segundo comunicado, executado testes rigorosos para validar as alterações feitas.

As melhorias tiveram enfoque no design e construção e incluem a extensão da camada superior de protecção do Infinity Flex Display para além do painel, tornando evidente que ela é parte integrante da estrutura de exibição e que não deve ser removida. Foram ainda feitos reforços adicionais para melhor proteger o dispositivo contra partículas externas, como o reforço da área das dobradiças com tampas de protecção recém-adicionadas e a inclusão de camadas de metal adicionais por baixo do Infinity Flex Display para reforçar a protecção do monitor. Adicionalmente a estas melhorias, a Samsung tem também trabalhado para melhorar a experiência geral do utilizador que incluem a optimização de mais aplicações e serviços para a experiência de utilização de um ecrã dobrável.

A Samsung está a realizar testes finais tendo revelado que o Galaxy Fold será lançado a partir de Setembro, em mercados seleccionados. Os detalhes sobre a disponibilidade serão revelados à medida que se aproximar a data do respectivo lançamento. Em termos de preço, nada foi adiantado, por isso mantém-se a indicação de que deverá rondar os 2 mil euros.

Deste modo, o Galaxy Fold será lançado em Setembro, cinco meses depois do inicialmente previsto e ambicionado pela Samsung. Será importante que o equipamento chegue realmente com todos os problemas reportados completamente resolvidos, caso contrário será Setembro será assim um mês em grande, pois para além do Galaxy Fold, o concorrente da Huawei, o Mate X também será lançado nesse mês, a mesma altura em que a Apple irá apresentar o iPhone 11.

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis.

Ver todos os posts de Paulo Miranda →