Jogo para smartphones de Marshmello já está disponível e apresenta novo álbum em primeira mão

Pela primeira vez, o artista multi-platina Marshmello anunciou que o seu mais recente trabalho, Joytime III, será lançado hoje em primeiro e em exclusivo no seu novo jogo para smartphones intitulado Marshmello Music Dance. Durante 24 horas, os fãs ter acesso exclusivo no jogo a Joytime III antes do seu lançamento público.

Marshmello Music Dance coloca o jogador no centro do palco, onde irá ouvir, jogar e coleccionar, estando disponíveis alguns dos maiores sucessos de Marshmello, incluindo “Alone”, “Fly” e todos os novos títulos de Joytime III. Através do jogo, tanto a Gamejam como Marshmello dão uma ideia do futuro da música e dos jogos, criando uma experiência única.

Queríamos lançar algo que fosse divertido e emocionante para a Mellogang e este jogo era apenas isso!”, disse Moe Shalizi CEO e fundador do The Shalizi Group. “É muito empolgante para a Gamejam ser o primeiro estúdio de jogos a fazer parceria com um artista conhecido como Marshmello para lançar um álbum exclusivo por 24 horas dentro de um jogo, algo que nunca foi alcançado antes. É por isso que foi importante para nós capturarmos esses momentos épicos nos shows de Marshmello para criar uma experiência desafiante, mas recompensadora, ao redor deles. Esperamos que a nossa abordagem inovadora inspire mais músicos a seguir os passos de Marshmello e levar a sua música aos jogos.”, disse Christian Calderon, CEO e fundador da Gamejam.

Marshmello Music Dance é um jogo gratuito e está disponível para dispositivos Android e iOS.

Marshmello Music Dance
Marshmello Music Dance
Editora: GAMEJAM
Preço: Grátis
‎Marshmello Music Dance
‎Marshmello Music Dance
Editora: Gamejam Co.
Preço: Grátis+

por Paulo Miranda

Fundador do projecto Foneplay, desde muito cedo entusiasta pela tecnologia, tendo acompanhado toda a evolução da internet e telemóveis. Trabalha nesta área há muitos anos sendo fã de jogos e de todos os assuntos relacionados com as telecomunicações móveis.

Ver todos os posts de Paulo Miranda →